Sábado, 16 de Julho de 2005

Intransigências

Intransigencias1.JPG


 Editorial: Intransigências do semanário “Intransigente” do dia 14/07/2005.


 Parece anedota... mas não é. A grande preocupação da Elisabete F., é que o Primeiro-ministro tomou a decisão de aumentar o IVA das “Fraldas” para 21%, enquanto que o dos preservativos com sabores se manteve nos 5%.


 Ó insigne Jornalista!... sabe qual é a diferença e a importância de cada um dos produtos que a preocupam?


 As “fraldas” podem ser substituída por um “cueiro” que é uma faixa de pano com que se envolvem as pernas e nádegas dos bebés, e depois de “Sujo”, é lavado (Reciclado) e... cuzinho outra vez. Alias eu e a maioria das pessoas das últimas gerações, ainda fomos criados com os ditos “cueiros”. Portanto, podemos considerar as “Fraldas” como um artigo de Luxo.


 Preservativo: Invólucro de borracha flexível e extensível que envolve o pénis durante o acto sexual, evitando a fecundação e as doenças sexualmente transmissíveis, como a SIDA doença que pode ser mortal. Isto nos preservativos normais, que são os que eu uso. Quanto aos Preservativos de Sabores, esses tem outra função... são usados para felações ou sexo oral. Em casa não uso. E a insigne jornalista, já que fala nisso, usa? Deixe-me adivinhar... Sabor Laranja é o seu preferido?


 Conclusão: Deixe as Fraldas ou cueiros. Acabe com as brincadeiras de criança para se entregar a ocupações sérias, faça-se mulher e Jornalista.

publicado por Flaviense às 22:17
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Joo XXI a 17 de Julho de 2005 às 18:58
Por acaso... o blog está engraçado!
Mas... porque será que os blogs encomendados pelo Automiro para a sua campanha se dizem sempre de "livres" e "independentes"?.
A liberdade e independência, meus caros "Imprensa Livre", para além de outros atributos, são um sarrafo que zurze para todos os lados, caso contrário são "encomendas"
De Betinha a 17 de Julho de 2005 às 16:48
"Um telemóvel da Câmara Municipal de Chaves foi utilizado para fazer apelos ao voto no PSD no dia dedicado à reflexão ... Além de pôr em causa a utilização de um bem público (telemóvel) para fins partidários, o teor propagandístico da mensagem viola a Lei Eleitoral, que proíbe a propaganda eleitoral, “por qualquer meio”, no dia da votação e no dia anterior. A violação desta regra é punida com pena de multa. Ao que foi possível apurar, o número de telemóvel da Câmara - estará atribuído a um funcionário do Gabinete de Apoio à Presidência. Confrontado com a situação, o presidente da Câmara Municipal de Chaves, o social-democrata João Batista, disse “não saber de nada”. E, garantindo que a ele não lhe tinha chegado qualquer mensagem, prometeu averiguar o que se passou. No entanto, admitiu que “é inegável que aquele número é da Câmara”.

Na proxima homilia, o presidente da Câmara vai esclarecer estes factos, castigando culpados na nova praça das freiras e com exclusivo do Intransigente sobre o título "GASTOS COM TELEMÓVEIS DA CÂMARA SOBEM 201% EM ÉPOCA DE ELEIÇõES"

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Imagem do Dia

. «Gente sem escrúpulos»

. Imagem do Fim-de-Semana

. A DESAVENÇA

. O Póster do Día

. FALACIOSO IV

. O POSTER DA SEMANA

. HERESIA

. Exorcismo

. O POSTER DO DIA

.arquivos

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds