Quinta-feira, 11 de Agosto de 2005

Idiotismo

Heróis, Ilustres e Notáveis
Semanário “A Voz de Chaves” de 8 de Agosto

Depois de ler o artigo de opinião, em epígrafe, cada vez mais me convenço que se tivesse um filho militante ou simpatizante do “PSD” era capaz de dar a volta ao mundo para encontrar um medico que o curasse.
Como sou uma pessoa extremamente caridosa, aproveito e lanço um peditório nacional para que salvem o patarata “Flavius II”. </p>

CerebroFlav.jpg
Esta criatura sofre de uma doença degenerativa progressiva do cérebro caracterizada pela desorientação e a perda de memória, de atenção e de capacidade de raciocínio, chamada ausência parcial do cérebro, normalmente conhecida por Alzheimer.
As investigações recentes apontam que uma percentagem dos casos de doença de Alzheimer pode ter as suas causas, na militância no “PSD do João Batista”, que, associadas a animações circenses, causam alucinações graves e teorias da conspiração.


Flavius 2.JPG


A esquizofrenia dos correligionários do “PSD” e o poder Municipal de Chaves acham que podem enxovalhar ou limitar os direitos dos cidadãos, sejam eles Ilustres, Notáveis ou simples Povoléu, sem qualquer pudor. São tão alarves e oligofrénicos que nem medem o que escrevem. Ou será que medem?
Por isso, as insinuações neofascistas que foram escritas merecem alguns comentários. Quando se escrevem frases como estas: “
Tal como outros a nível mundial, estes “ilustres” não se sabem manter à margem do que não lhes diz respeito e procuram, assim, fomentar a divisão e a subordinação das suas ideias.”
“... todos estes “ilustres e notáveis” se mantivessem no seu canto sem quererem influenciar, através da sua imagem, actos e opiniões, quem quer que seja.”


Em primeiro lugar, quando faz estas insinuações, afirmações ou comentário, a constatação é, de que os “Ilustres”, devem manter-se, dentro da sua pátria e da sua Cidade, em pleno Exílio.
A justificação teria a ver com o facto do “mandatário” do “PS” ser uma pessoa “ Ilustre" na nossa cidade.
Esta situação suscita algumas perplexidades. Existe alguma incompatibilidade por ser uma pessoa “Ilustre”?
Existe alguma razão para a, ou não, preferência oficial por um Partido, mesmo quando se trata manifestamente de personalidades que não estão conotados com qualquer ideologia?

E tratando-se de alguém de outra religião (protestantismo, judaísmo, islamismo, budismo, etc.), também se deve manter no seu canto e se manter à margem do que não lhe diz respeito?
Que me diz dos “Ilustres”: Jesus Cristo, Platão, Confúcio, Rousseau, Marx e Martin Luther King...
E, já agora o Papa João Paulo II devia ter sido classificado como um perigoso simpatizante de Fidel Castro?

O outro comentário que julgo ser pertinente, tem a ver que, segundo o seu ponto de vista, os “Notáveis” e “Ilustres” [os que distinguem pelo seu saber ou pelos seus feitos] estão inibidos e privado dos seus mais elementares direitos de cidadania, consagrados na “Declaração Universal dos Direitos do Homem” (Artigos 18 e 19 ) e na “Constituição da Republica Portuguesa” (nomeadamente os Artigos 13, 48, 49 e 109).

Na sua Iluminada Opinião, devíamos entregar os destinos do Mundo, da Nação e da Autarquia aos João-ninguém, Incompetentes e ignorantes? É pena, pois há pessoas que pelo seu percurso de vida não merecem ser submetidas a certos escrutínios.
Mas, como me quer parecer que a pertinência das afirmações devia ser outra, este contra-senso todo até deve acabar por fazer sentido...

E desculpe, não é um problema de perspectivas diversas. O seu é um caso faccioso, de miopia, de ignorância ou de negação da realidade. Pode escolher qual prefere, ou informar-se melhor. Adiante...

Em segundo lugar, referindo-se ao Mandatário da candidatura “PS”, quando escrevinha: “Parece a todos nós que a cidade, e as termas e até o concelho lhe devem muito e eternamente”.
Mais uma vez põe em evidencia a sua ignorância sobre a história da cidade e das Caldas de Chaves – Termas.
Abomino todos os que gostam de refazer a Historia, retocando imagens, dando-lhes uma cor mais próxima do pretendido, deturpando e manipulando a verdade das “boas obras” contra a das “mas obras”.


NAZI_psd1.JPG

Como diria Salazar: se não és por nós és contra nós. Velhas praticas fascistas e não só pois, como todos sabemos, para os nazis o Holocausto nunca existiu, etc., etc.

Pergunta ainda: “As termas antes deste “notável”, não eram conhecidas nem teriam condições naturais para que tal viesse a acontecer
A teoria da relatividade, o estudo dos elementos radioactivos nos que se baseia a física nuclear moderna, o Polígrafo, o Templo da Sagrada Família em Barcelona, e Os Lusíadas, antes destes “notáveis” – Albert Einstein, Marie e Pierre Curie, John Edward Reid, Antoni Gaudí ou Luís Vaz de Camões – não eram conhecidas nem teriam condições naturais para que tal viessem a acontecer, a não ser pelos científicos e arquitectos actuais (João Einstein, Marie Campos, João Reid e Cabeleira Gaudi).

Aqui nota-se que o que preocupa, verdadeiramente, João Batista e Maria de Lurdes Campos, é não poderem retirar, do Largo das Caldas e da Estância Termal, o Busto e as Placas de Homenagem ao Dr. Mário Carneiro. Substituindo-os (as) por um “Busto” da Super Vereadora e uma Placa do João Batista. Reclamando deste modo, como é seu costume, a Paternidade do “SPA dos Imperadores”. -

Por último, algumas breves notas sobre a sua escrevedura:
“Um desses “ilustre” que à custa de bons vencimentos (que se saiba de graça não trabalhou) e de homenagens (pagas com dinheiros públicos e feitas pelo PS e PSD) foi subindo na categoria dos “notáveis”, procura agora, como no passado, influenciar o voto num dos sentidos. Porquê

João Batista, Maria de Lurdes Campos, António Cabeleira e João Neves, trabalham na Autarquia Flaviense gratuitamente? Os seus vencimentos são bons? Ou ganham o ordenado mínimo. As Placas que estes indivíduos colocam, para se auto-elogiarem, são pagas dos seus bolsos? Ou são pagas com dinheiros públicos?

Pare, Escute e Olhe:
Declaração Universal dos Direitos do Homem – Artigo 23.º Constituição da República Portuguesa – Artigo 59.º (Direitos dos trabalhadores)

Afinal, 31 anos depois os ditos cristãos, presididos pelo seu presbítero, João, ainda não dão a outra face. É a liturgia do ódio à liberdade. É a velha máxima da retrógrada direita "quem se meter connosco, leva". Deus nos guarde desta gente e da outra que em nome de Deus ou Alá se perde na insanidade, por nervosismo, por falta de argumentos ou simplesmente porque o pé foge para o trauliteiro.

O artigo de “Flavius II”, publicado no semanário “A Voz de Chaves” de 8 de Agosto, esta recheado, de insultos, insidias calúnias, e insinuações de varia espécie, mentindo descaradamente e falseando a verdade. Pelos vistos a dignidade de ninguém está a salvo nesta cidade. Quanto aos seus comentários, não me admiraram. Esta a fazer o jogo do seu “PSD”.


Alka-Seltzer.jpg

Devemos ter em linha de conta que, os actuais autarcas e seus correligionários, tomam há muito tempo Sais de Fruta, tal é a azia com a crítica e a vergonha do que se passa na cidade de Chaves.
Qualquer dia têm de ir ao neurologista, por que não estão bem. Ao cardiologista, por que não estão bem. E ao psiquiatra, por que não estão bem. Ao... etc...
Em suma, Chaves está enfermo e mais doente parece querer estar!
Por este andar, qualquer dia, nem com quimioterapia!

Sou mesmo do contra, mesmo do contra.

Contra o Fascismo, a Rotina, a Estupidez e a Incultura...
O papel do politicóide “Flavius II” e seu ídolo, João Batista, é destruir.
O papel de Mário Carneiro é e foi construir. Louvo-lhe a coragem, a ambição e o sentido cívico.
A César o que é de César

publicado por Flaviense às 20:18
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De favas a 19 de Agosto de 2005 às 19:42
Que contente fiquei ao saber que afinal os nossos "amigos" PSD's também erram,pois ao ler o Transmontano desta semana constatei que afinal as falcatruas que tanto se apontam ao candidato PS são cometidas por quem o acusa. Todos temos telhados de vidro,não é "Sr." Falvius II???
De porrada_neles a 16 de Agosto de 2005 às 12:38
Pois, mas ninguem fez nada,o padre e seus servos fazem o q querem ainda lhe sobra tempo....enfim, é triste mas é verdade!!!1
De penas a 14 de Agosto de 2005 às 02:08
"Um telemóvel da Câmara Municipal de Chaves foi utilizado para fazer apelos ao voto no PSD no dia dedicado à reflexão, sábado. Além de pôr em causa a utilização de um bem público (telemóvel) para fins partidários, o teor propagandístico da mensagem viola a Lei Eleitoral, que proíbe a propaganda eleitoral, “por qualquer meio”, no dia da votação e no dia anterior. A violação desta regra é punida com pena de multa. Ao que foi possível apurar, o número de telemóvel da Câmara - estará atribuído a um funcionário do Gabinete de Apoio à Presidência. Confrontado com a situação, o presidente da Câmara Municipal de Chaves, o social-democrata João Batista, disse “não saber de nada”. E, garantindo que a ele não lhe tinha chegado qualquer mensagem, prometeu averiguar o que se passou. No entanto, admitiu que “é inegável que aquele número é da Câmara”.
De Olho Vivo a 13 de Agosto de 2005 às 17:48
Ei..malta da pesada! O Padre deu cabo das Freiras...
De Zodaco a 13 de Agosto de 2005 às 15:39
Não é qualquer "badameco",a mamar do orçamento municipal, que consegue manchar a figura impoluta do Dr. Mário Carneiro.
De Zeca a 12 de Agosto de 2005 às 18:17
Quero rectificar que o livro foi editado quinze anos depois de o Professor Afonso Guimarães ter sido nomeado Director Clínico mas ...durante mais tempo continuou a sê-lo.Até quando? Leia senhor Sabichão.
De Zeca a 12 de Agosto de 2005 às 18:12
Senhor Sabichão, sabe quem foi - e o que fez pelas Caldas - o Professor Doutor J. Afonso Guimarães que por despacho de 7 de Agosto de 1950 (Diário do Governo n.º 190 II série, de 16 de Agosto)foi nomeado Director Clínico das Caldas de Chaves e em 1965 (DEZASSEIS ANOS DEPOIS !!!) escreveu o livro "CALDAS DE CHAVES"? Viu alguma vez qualquer referência a esse Professor Catedrático da Faculdade de Medicina do Porto feita pelo Dr. Mário Carneiro que durante todo esse tempo foi seu Médico-Adjunto?Leia Senhor Sabichão... leia. Se não quizer procurar o livro do Professor Afonso Guimarães que em Chaves não aparece(!)pode folhear as "INCURÇÔES AUTÁRQUICAS" de Firmino Aires...A Biblioteca deve ter.
De Licas a 12 de Agosto de 2005 às 10:28
É triste quando uma "pessoa" (Flavius II) se deixa cair no ridículo para defender um bando de incompetentes.
De ZEN a 11 de Agosto de 2005 às 23:26
Por mero acaso, tb li esse artigo escrito pelo iluminado, "flavito" esse individuo è um pau mandado do seu patrao enfim um triste....

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Imagem do Dia

. «Gente sem escrúpulos»

. Imagem do Fim-de-Semana

. A DESAVENÇA

. O Póster do Día

. FALACIOSO IV

. O POSTER DA SEMANA

. HERESIA

. Exorcismo

. O POSTER DO DIA

.arquivos

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds