Quinta-feira, 28 de Julho de 2005

Corrupção? Financiamento Ilícito?

Esperamos, todos os munícipes Flavienses, que o Ministério Publico investigue este “Artigo de opinião”, “Noticia” ou “Denuncia”. As afirmações, graves, são suscitáveis de constituir Crime.
Noticias de Chaves (Ultima Pagina – 22/07/05)
Poder autárquico: cego, surdo e mudo.


Corrupção1.jpg
há um empreiteiro disposto a investir cinquenta mil contos, para que o partido que detém a Câmara, vença as eleições” (Barroso da Fonte)

Pistas?:

- Piscinas olímpicas e outras burguesas extravagâncias (Programa Polis?).
- Obras em curso (Empreiteiro beneficiado).
- Comício Autárquico de apresentação dos candidatos distritais do PSD, no passado 25 de Junho, no Cine Teatro de Vila Pouca de Aguiar.
Piscinas.jpg

Piscinas2.jpg
publicado por Flaviense às 19:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Caciques da paroquia

Caciques.JPG


Luís Marques Mendes, presidente da comissão politica Nacional do “PSD”, que esteve presente na apresentação dos candidatos, do PSD, salientou o bom trabalho desenvolvido pelo autarca JB & Ca., em prol das pedreiras e descaracterização do Município. Na hora da intervenção, J.B., referiu que Chaves teve, nos últimos três anos e meio, o maior “investimento” (1) de sempre.
Nesta “investida”, “destruímos muitos mais espaços verdes (Jardins e Arvores), e descaracterizamos mais a cidade nestes três anos e meio, do que os socialistas em doze anos de gestão, referindo que os Flavienses têm agora uma cidade mais desagradável, inóspita e descaracterizada e um concelho menos desenvolvido”.

O Ponto alto esteve marcado para o final do comício. Para conseguirem ser respeitados pela população Flaviense e até pelos adversários políticos, Marques Mendes, anunciou oficialmente as nomeações dos seguintes candidatos:
– João Batista – “Sheriff”
– “Toninho” Cabeleira – “deputy chairman”
– “Lurdinhas” Campos – “deputy director of SPA”
– “Joãozinho” Neves – “deputy sheriff of parish coucil”.

Foram aplaudidos, em delírio agudo, pelos milhões de militantes do PSD, “socialistas”, “comunistas” e “bloquistas” presentes. Os “CDS”, não foram convidados. Seguiu-se um Opíparo repasto, a cargo do especialista João Neves, onde, segundo o “Ti Manel” da “Voz de Chaves”, “todos encheram a malvada”.

*(1)
– Investimento – [emprego de capitais (da autarquia) na aquisição de bens de equipamento (pedra) com o fim de tirar destes um proveito (€)] “há um empreiteiro disposto a investir cinquenta mil contos, para que o partido que detém a Câmara, vença as eleições” (Barroso da Fonte).

publicado por Flaviense às 18:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 26 de Julho de 2005

Efeméride

cronicas.jpg

26 de Julho de 460
“Crónica de Idácio”

201
. Uma parte do exército dos Godos enviada à Galécia pelos condes Sunerico e Nepociano massacra os Suevos junto de Lugo, bem como os habitantes de Dictínio (ou Dactínio). Os delatores Ospinião e Ascânio espalham o boato da descoberta de veneno, a fim de os pôr em pânico em virtude da sua própria perfídia. O exército traído, regressa ao seio dos seus. Pouco depois, por instigação dos mesmos delatores a que acima (nos referimos), Frumário, depois de ter capturado o bispo Idácio na sua Igreja de Chaves, no dia 7 anterior às calendas de Agosto (Ou seja: no dia 26 de Julho de 460), com as tropas dos Suevos que tinha em seu poder, põe a saque o mesmo distrito jurídico (Ou: lança um grande saque no mesmo convento jurídico de Aquae Flaviae).
Faz hoje 1545 anos.
publicado por Flaviense às 15:23
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Julho de 2005

Freguesia + Limpa

LIMPEZA1.jpg

Chaves é cidade jardim. As suas ruas e locais emblemáticos devem, pois, estar limpos para que os turistas que nos visitam tenham vontade de cá voltar. Santa Maria Maior, como terra de passado honroso que é e também de futuro promissor, empenha-se na limpeza das ruas da sua área</em>.” </p>

Esta é a propaganda do presidente da Junta de Freguesia, de Santa Maria Maior, João Neves, no Boletim Ilegal que este senhor publicou, com o título “Primeiro Chaves – Com João Neves”. Estes carros de limpeza urbana “Freguesia + Limpa”, onde param? Estão estacionados nas “Boxes”? Palavras para que? As imagens valem mais que mil Palavras.

LIMPEZA2.JPG
LIMPEZA3.jpg
LIMPEZA5.jpg
LIMPEZA6.jpg
LIMPEZA7.jpg
LIMPEZA8.jpg
LIMPEZA9.jpg

publicado por Flaviense às 21:56
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

1ª Edição do Boletim Ilegal.

neves1.JPG



 “Primeiro Chaves – Com João Neves”.


 Foi distribuindo, recentemente, pela Freguesia de Santa Maria Maior, o “1.º Boletim da Freguesia”, com o título em epígrafe.


Só que estes senhores, e a (In)competente redactora/assessora de imprensa, esquecem-se que não estamos na república das “bananas” do outro João (Alberto João Jardim).


Aqui no “Contenente”, existe uma – Lei n.º 2/99 de 13 de Janeiro – que Aprova a Lei de Imprensa.


Assim sendo e examinando a “1º edição deste Boletim”, verificamos que não cumpre um único requisito dos estabelecidos pela Lei de imprensa, nomeadamente os Artigos 15º e 17º. A saber:


1 – Devia conter, na Primeira Pagina da Edição, alem do título “Primeiro Chaves – Com João Neves”, a data, o período de tempo a que diz respeito, o nome do director e a menção da sua gratuidade.


2 – O numero de registo do Titulo (ou não sabiam que o registo prévio é Obrigatório?).


3 – A Menção do autor, do editor, do numero de exemplares da respectiva edição, do domicilio ou sede do impressor, bem como a data de impressão.


4 –  O Estatuto Editorial  que  defina  claramente  a  sua  orientação e os seus objectivos e inclua o compromisso de assegurar o respeito pelos princípios deontológicos e pela ética profissional dos jornalistas, assim como pela boa fé dos leitores. Também é Obrigatório... ou a assessora de Imprensa não o sabe?


 Este, é portanto um “Boletim” ILEGAL, sujeito, entre outras medidas, as Contra-ordenações previstas no artigo 35º da Lei de Imprensa.


 Mas há umas dúvidas, que me incomodam sobremaneira, que gostaria de ver esclarecidas, pelos “COMPETENTES e HONESTOS” elementos dos órgãos Autárquicos da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior (Presidente – João Carlos Alves Neves; Tesoureiro – Carlos Batista Feliz e  Secretario – Carlos Augusto Castanheira Penas (promovido a “5º Vereador” pela elevada competência que tem demonstrado):


- Quem pagou esta “Publicação” é quem assume a Responsabilidade da mesma?


- Isto é, o dinheiro que é da Freguesia e, supostamente de todos os Flavienses, serve agora para pagar Panfletos Publicitários? é agora gasto em propaganda politica do presidente da Junta, João Neves?

publicado por Flaviense às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 23 de Julho de 2005

Competência

Prumos.jpg


Artigo publicado na Revista ACP Nº 655 – Julho/Agosto


Prumos mal colocados


ESTANDO a cidade de Chaves a atravessar um período de renovação urbana bastante interessante que vai embelezá-la ainda mais, estão contudo a ser cometidas algumas anomalias em termos de sinalização vertical e horizontal através da colocação de prumos rígidos por todo o seu centro urbano. Como se pode verificar pela foto, a implantação desses mesmos prumos leva a situações caricatas, como estacionar o veiculo com muito pouca margem de manobra para entrar na zona delimitada ao parqueamento e depois querer reentrar na faixa de rodagem, exigindo muita perícia para não danificar o veiculo. Mesmo a saída dos outros ocupantes pelo lado direito torna-se impossível, porque os prumos, postes de iluminação e restante sinalização vertical não o permitem.
Tudo isto se passa numa artéria do centro de Chaves, onde habitam bastantes pessoas, existe uma hospedaria, café e varias lojas e todos protestam com razão, mas as autoridades do alto da sua sabedoria não ligam nenhuma.
Também já contactei com o vereador da autarquia e de nada serviu.
Qualquer pessoa, mesmo não estando ligadas às questões de sinalização e segurança, se apercebe que este equipamento está todo mal instalado.


Eu acrescento: Despotismo; Cegos, Surdos e Mudos.
Mais um exemplo da “COMPETÊNCIA” do actual executivo Camarário.

publicado por Flaviense às 19:50
link do post | comentar | favorito

Acidente & Competência

termas.JPG Dando seguimento as noticias: “Acidente no Balneário das Termas... Abafado!” e “Irresponsáveis”...


No dia 15 de Maio de 2005, ocorreu um acidente, nas Caldas de Chaves, de que foi vitima a Aquista, Camila Albina Ferreira Guedes. No dia seguinte, (16), foi participado a Câmara Municipal de Chaves o sinistro, através do comunicado n.º 362, que foi recebida pela funcionaria Carla Granjo. Apesar da gestão, do Balneário, estar entregue a uma empresa, de que é Vogal do Conselho de Administração a (super) vereadora, Maria de Lurdes Campos, é a Câmara Municipal, quem detêm a responsabilidade civil, pela utilização dos espaços e equipamentos do Balneário Termal, por parte dos utentes. O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL, foi entretanto accionado.
Não sei ao certo... Mas tudo me leva a crer que, a Sr.ª Camila Guedes, foi transportada ao Hospital num carro particular.
O que sim consegui saber, é que as hospedarias, pensões e hotéis tem pouquíssimos ou nenhuns Aquistas hospedados. Segundo me informaram, não se lembram de um ano tão mau como este. As causas, dizem ser, aliadas a falta de segurança, os elevados preços praticados o desconforto e tremendo calor que tem de suportar alem da fraca qualidade dos serviços, do “SPA da Imperatriz”.
Ainda segundo entrevistas, discretas, que fiz, o balneário não têm um medico hidrologista, durante todo o período de abertura, o que não sucedia no tempo do Dr. Carneiro. Houve mesmo um aquista, que me disse: “não compreendo como o balneário esta sob a responsabilidade de uma “Veterinária”. Interroga-se, “Julgam que os Aquistas somos animais
Apoiando-me em testemunhos de Aquistas e pessoas Peritas em Termalismo, neste momento existem fortes suspeitas, que "merecem um investigação oficial", de se as Termas estarão a funcionar de forma Legal? Pelo menos face ao estipulado no – Decreto-lei nº 142/2004 de 11 de Junho – nomeadamente os Artigos nº 8; 9; 10; 14; 15; 22; 23;33 e 34.

A verdade toda é que pela mão diluída da vereadora Lurdes Campos resplandece no espaço de gestão das Termas, uma alucinada mediocridade.
A verdade toda é que os episódios lamentáveis que ocorrem nas Termas de Chaves, manifestam um claro atrevimento político e irresponsável, do Presidente da Câmara e da vereadora Maria de Lurdes Campos.
A verdade toda é que a abertura ao público da estância termal, no dia 9 de Maio, sem estarem terminadas as obras de requalificação, que estão a decorrer, sem estarem instalados os sistemas de ventilação e sem estarem garantidos os padrões mínimos de segurança, foi um enorme erro.
A verdade toda é que, os mais entendidos já esperavam, que devido a estas trapalhadas e imprudências se viesse a registar os factos e incidentes a que estamos a assistir.
A verdade toda é que a estamos perante uma gestão que, pela primeira vez na história da cidade, é possuidora do perfil mais medíocre de sempre.
O interesse público assim confiado a infantis e irresponsáveis funcionários partidários torna impossível abordar qualquer questão com serenidade e objectividade possível. Sabe-se que em toda a vida económica, social e cultural da autarquia flaviense se declara um facilitismo constrangedor, uma banalidade desesperante.
Infeliz desta Cidade que tudo suporta e tudo permite.


CALDAS DE CHAVES – Damos que falar! (Pela Negativa).

publicado por Flaviense às 19:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Imagem do Dia

. «Gente sem escrúpulos»

. Imagem do Fim-de-Semana

. A DESAVENÇA

. O Póster do Día

. FALACIOSO IV

. O POSTER DA SEMANA

. HERESIA

. Exorcismo

. O POSTER DO DIA

.arquivos

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds